segunda-feira, 25 de junho de 2012

Comentando o Livro: O Melhor de Mim




Sinopse:

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. 

Comentários:

Mais um livro do meu autor preferido Nicholas Sparks e mais um livro recheado de drama. Me emocionei já no primeiro capitulo com a história de Dawson, geralmente leva-se alguns capítulos pra história começar de verdade, mas esse livro me emocionou logo no começo.  O livro aborda temas como a força do primeiro amor, arrependimento e segundas chances. Eu amei o livro, mas algumas coisas me incomodaram um pouco. Como um numero um tanto grande de personagens achei meio exagerado e também alguns elementos sobrenaturais como fantasmas eu particularmente não gosto muito dessas coisas, mas isso é apenas o meu gosto. O livro tem um final bem previsível e eu simplesmente ODIEI. Eu até entendo que na vida real as pessoas morrem e tal. Mas fazer isso em praticamente todos os livros está ficando meio cansativo. As vezes é bom sonhar um pouco com os livros e imaginar que tudo terminar bem. O livro é ótimo com um jeito Nichoals Sparks de ser, tinha tudo para ser perfeito, só que o fim  meio que quebrou o encanto que eu estava tendo com o livro, por isso não dei a nota máxima. Precisei de um tempo pra me recuperar emocionalmente depois que terminei de ler o livro. Continuo fã do Nicholas mas isso não quer dizer que tenha que amar exatamente tudo o o que ele escreve né. Recomendo o livro claro.

Nota: 4/5 Muito Bom

Destaques:

"Dawson, como Tuck, era dessas raras pessoas que só conseguem amar uma vez - e a única coisa que a separação podia fazer com esse sentimento era torna-lo ainda mais forte."  (p.144)

"Você era minha melhor amiga, a melhor parte de eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. - Ele hesitou, buscando as palavras certas. - Eu lhe dei o melhor de mim e, depois que você foi embora, nada jamais, voltou a ser o mesmo."  (p.185)